Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014
Lista de Satélites
Lista de Países
Lista de Idiomas
Notícias

ANTENA COLETIVA E A TV DIGITAL, COMO FUNCIONA?

ANTENA COLETIVA E A TV DIGITAL, COMO FUNCIONA?

As informações aqui descritas são essenciais para que os condomínios tenham seus sistemas de antena coletiva analógica e digital com qualidade.

Os condomínios, em sua maioria, possuem sistema de antena coletiva apenas com o sistema VHF (canais 2 a 13).

A solução dada pelos antenistas para os condomínios que optaram por ter os canais de UHF (14 a 69), é a  instalação de conversores de UHF para VHF para redução do custo e, o sinal é distribuído no mesmo cabo atual. É usual a utilização dos canais de letra situados antes do canal 7. A empresa de instalação ou antenista converte o canal de UHF escolhido pelos moradores para um canal de letra.

Assim, temos uma situação onde o síndico e os condôminos, normalmente optam pelo menor preço. Raramente se investe em um sistema de maior qualidade e assistência técnica adequada, utilizando cabeamento e acessórios inadequados para uma boa recepção de toda a faixa de canais.

Visando orientar o condomínio, na troca ou adaptação do sistema, mostramos abaixo algumas informações sobre o sistema da antena coletiva.

Introdução à um Sistema de Antena Coletiva

Um sistema de antena coletiva é constituído basicamente, por duas partes: Cabeceira e Distribuição.

Cabeceira:

    * A cabeceira é a parte do sistema constituída pelas antenas, misturadores e amplificadores, e tem por função receber, combinar, equalizar e amplificar os sinais recebidos. Já a distribuição dos sinais é realizada por divisores e tomadas.
    * Para projetar a cabeceira é preciso saber quais canais de TV vão ser distribuídos, de onde eles vêm e com que nível de sinal eles chegam. Por exemplo, os canais transmitidos em VHF e UHF são recebidos por antenas de VHF e UHF; canais transmitidos via satélite, são recebidos por antenas parabólicas e necessitam de receptores de satélite para recebê-los e modulá-los nas freqüências dos canais em que eles vão ser distribuídos. Pode-se distribuir também sinais provenientes de DVD, Videocassete ou Circuito Fechado de TV. Basta modulá-los num canal e adicioná-los ao sistema de distribuição. Se algum canal chega fraco, com um nível de sinal baixo, pode ser preciso amplificá-lo usando um booster. A etapa seguinte é combinar estes sinais usando misturadores e depois amplificá-los para então distribuí-los.
    * Em cidades como São Paulo, onde as torres de transmissão estão instaladas em locais separados, é necessária a instalação de uma antena para cada canal, conhecidas como antenas mono canal para facilitar a equalização do sistema. Em São Paulo hoje, temos 7 canais analógicos de VHF e mais de 15 canais analógicos de UHF.

    * É importante lembrar que durante o período de transição, os canais de VHF ainda estarão no ar, e deverão ser mantidos até o dia 29/06/2016 para que todos os condôminos já tenham adaptado a recepção analógica pela digital.

Distribuição:

    * O sistema de distribuição de sinais é constituído de cabo coaxial e de tomadas instaladas nos apartamentos. Normalmente, a distribuição de sinais de antena coletiva e CATV em prédios de apartamentos são compostas de uma ou mais prumadas por onde passam os cabos (linhas de descida de sinal),  da qual se extrai uma fração do sinal para fornecer ao usuário. Os componentes normalmente utilizados para fazer esta distribuição são as tomadas blindadas e divisores. Aí está o grande problema de adaptação do sistema de TV Analógica para o sistema de TV digital. Na maioria dos sistemas, o cabo coaxial instalado nas prumadas foi fabricado para passar sinais de VHF (canais 2 a 13) e conseqüentemente as tomadas de TV instaladas nos apartamentos também foram fabricadas para passar os canais de VHF (canais 2 a 13). Portanto, os canais de UHF (14 a 69) são bloqueados. Com a TV Digital, será necessário fazer o canal de UHF(14 a 69) chegar até o apartamento onde está o receptor de TV Digital. Portanto, para os condomínios cujos cabos e tomadas não foram trocados para receber o UHF será necessário a substituição de todo o sistema de distribuição. Pelos cabos e tomadas substituídas deverão passar os sinais de VHF (2 a 13) e UHF (14 a 69).  Mais uma vez, é importante lembrar que durante o período de transição, os canais de VHF ainda estarão no ar, e deverão ser mantidos até que todos os condôminos já tenham adaptado a recepção analógica pela digital.


<< voltar

Outras notícias

25/08 - Qual cabo eu uso?

19/07 - A TV Digital ficou acessível Conversor de TV Digital da Proview serve para todas as TVs, toca MP3, navega na Internet e

25/06 - TV de bolso... e muito mais!

21/06 - Potência RMS vs. SPL. Mitos e verdades da potência elétrica (leia antes de comprar um alto falante)

30/03 - O QUE É TV DIGITAL

26/03 - TV DIGITAL, O QUE É SONHO E O QUE É REALIDADE.

25/03 - HBO inicia transmissão em alta definição para o Brasil

01/03 - A dúvida ainda é enorme sobre a TV Digital

01/03 - Chegou a TV de alta resolução, o HDTV

20/02 - TV DIGITAL TERRESTRE, SAIBA MAIS

 
Quem Somos
Serviços
Produtos
Rádio Amadorismo
Links
Contato
 
cadastre-se e receba as nossas notícias e novidades.
 

    

Total de acessos: 77706
HY Antenas - Todos os direitos reservados - 2008